Um Blogue sobre livros, poesia, filmes, tecnologias informáticas e cultura.

A Blog about books, poetry, films, computer technology and culture.

Translate

Pesquisar / Search

Seguir por E-mail / Follow by Email

quarta-feira, 19 de março de 2014

Poesia na Butaca / Poetry in the Armchair: Um poema para o meu pai / A poem for my father



Um poema para o meu pai



Hoje é dia 19 de Março
É o dia do pai, pois é
É um dia de cariz católico
Em homenagem a S. José.

Muitos pais contam receber um presente
Ou simplesmente um beijo,
Mas no fim de contas
O reconhecimento de um filho é o seu maior desejo.

É para o meu pai que escrevo este poema
Ele está em Lisboa e eu estou em Trás-os-Montes.
Aqui agradeço a vida e as ajudas que me deu.
Pai querido gosto de ti a montes.

Apesar da enorme distância física
Que neste momento nos separa
Sou uma filha reconhecida
Que com um poema ao seu pai se declara.

O meu pai toca piano,
E também sabe falar francês
Eu sou parecida com ele em muitas coisas
Pois foi ele que me fez.





19/03/2014



A poem for my father

 

Today is March 19
It's father's day, it is
It is a day of catholic nature
In honor of St. Joseph

Many parents count to receive a Gift
Or just a kiss,
But in the end
The recognition of a child is their greatest wish.

It's for my father I write this poem
He is in Lisbon and I'm in Tras-os-Montes.
Here I thank life and helps you gave me.
Dear father I love you 'hills.

Despite the enormous physical distance
That currently separates us
I am a recognized daughter
Than with a poem to his father declares.

My father plays the piano,
And he also knows how to speak French
I'm like him in many things
For it was him who made me.





19/03/2014


Até Já / See you soon






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...