Um Blogue sobre livros, poesia, filmes, tecnologias informáticas e cultura.

A Blog about books, poetry, films, computer technology and culture.

Translate

Pesquisar / Search

Seguir por E-mail / Follow by Email

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Livro da Semana / Book of the Week: Até Amanhã, Camaradas / Until Tomorrow, Comrades


Esta semana por já ter passado o 25 de Abril, Dia da Liberdade e ontem, dia 1 de Maio, ter sido o dia do trabalhador, lembrei-me de Manuel Tiago, pseudónimo do já falecido Álvaro Cunhal, e especialmente do seu livro Até Amanhã, Camaradas.

This week has already passed by the 25th of April, Freedom Day and yesterday, May 1, have been the day of the worker, I remembered Manuel Tiago, pseudonym of the late Alvaro Cunhal, and especially his book Until Tomorrow, Comrades.



Autor: Manuel Tiago (Álvaro Cunhal)
Título (Title): Até Amanhã, Camaradas (/ Until Tomorrow, Comrades)
Edição/ Edition:
Idioma Original/ Original Language: Português /Portuguese
Tipo de documento / Document Type: Livro / Book
Colecção / Colectioin: Resistência
Editora / Publisher: Avante
Local / Place: Lisboa / Lisbon
Data de edição / Release Date: 1974
Assunto - Área Temática / Subject - Subject Area: Romances e novelas, Autores portugueses / Novels and short stories, Portuguese Authors
Número de páginas / Number of pages: 334
Dimensão/ Dimension: 21 cm
Encadernação / Book Binding: Brochado (Capa mole) / Paperback
CDU: 821.134.3-3

Sinopse
«A humanidade profunda na austeridade de quem entrega a sua vida à causa da libertação de um povo merece todo o fluir da narração, as reacções de muitas das figuras. Se é certo que o campo e os camponeses pobres e explorados, os pinhais de névoa, a desconfiança dos humildes, a bravura dos operários nas suas greves aqui aparecem, o tema central é a vida do Partido, as ligações, as casas de apoio, os contactos e precauções; por fim a prisão, a tortura, a morte. No presente um romance histórico, a diversos títulos: como obra de arte que é; como testemunho de alcance sociológico e político; como exercício moral (não confundir com moralizante, no estrito sentido apologético). Em resumo, um grande livro, inesperado e onde os sentimentos mais fortes e puros do homem encontram a simplicidade e o rigor transparente da expressão.»
Urbano Tavares Rodrigues

Synopsis:
"Mankind deep austerity one who gives his life to the cause of liberation of a people deserves the flow of narration, the reactions of many of the figures. If it is true that the countryside and the rural poor and exploited, the pine forests of fog, the distrust of the humble, the bravery of the workers in their strikes appear here, the central theme is the life of the party, links, safe houses, contacts and precautions, and finally the arrest, torture, death. At present a historical novel, in various guises: as a work of art that is, as a testimony of sociological and political power, how moral exercise (not to be confused with moralizing, apologetic in the strict sense). In summary, a great book, where the unexpected and strong and pure feelings of man are transparent simplicity and accuracy of expression. "

Opinião Pessoal:
Deste Romance sobressai um ponto de vista daquela que foi a história portuguesa durante o período em que Salazar esteve no poder. Uma forma de conhecer aspectos menos conhecidos da nossa história e sobretudo da história do Partido Comunista Português, contados por alguém que passou pela experiência de os ter vivido e de nos contar a sua vivência.

Personal Opinion:
Novel protrudes a point of view of what was Portuguese history during the period in which the power was in the hands of Salazar. One way to discover lesser known aspects of our history and especially the history of the Portuguese Communist Party, told by someone who went through the experience of having lived and tell us your experience.

Até Já / See you soon

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...